Variante brasileira da COVID – 19

A variante de Manaus do coronavírus, que provavelmente emergiu na capital do Amazonas no fim do ano passado, pode ser capaz de driblar o sistema imune de indivíduos já infectados pela Covid-19 e causar uma nova infecção, de acordo com uma pesquisa sobre a nova variante.

Foi feita recentemente uma pesquisa sobre a nova variante de Manaus coordenada por Ester Sabino e o pesquisador da Universidade de Oxford Nuno Faria. A equipe de pesquisadores calcula que a variante de Manaus, conhecida como P.1., seja entre 1,4 e 2,2 vezes mais transmissível que as linhagens que a precederam:

“Essa nova variante pode infectar mesmo quem já tem anticorpos contra o novo coronavírus depois de uma primeira infecção natural”, disse a imunologista Ester Sabino, professora do Instituto de Medicina Tropical da Universidade de São Paulo (USP).

Diante de uma variante mais transmissível, há uma grande preocupação sobre como as vacinas aprovadas contra a Covid-19 irão reagir a ela.

Apesar de também tratar de imunidade, o estudo não tem relação com eventual eficácia das vacinas, uma vez que o trabalho se baseou apenas na imunidade de pessoas que já tiveram a doença, segundo a imunologista.

Fonte: G1 – Globo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.